O secretário estadual de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Ratinho Junior (PSD), teve 284 bilhetes aéreos contestados por suposto uso indevido. Os bilhetes foram utilizados entre 2007 e 2009 e custaram quase R$ 140 mil ao governo na época.

De acordo com A Gazeta do Povo, 20 ex-deputados federais do estado foram denunciados pela Procuradoria Regional da República da 1ª Região (PRR1) ao Ministério Público Federal (MPF) pelo uso indevido da cota de passagens aéreas disponibilizada pela Câmara dos Deputados. Ratinho Junior é o líder da lista, com mais bilhetes contestados.

Ratinho Filho, Ratinho Pai

 

Entre os parlamentares denunciados está Rodrigo da Rocha Loures (PMDB), atual assessor de Michel Temer, que teria utilizado indevidamente 86 passagens, a um custo total de R$ 43 mil aos cofres públicos.

Carregar Mais Artigos Relacionados

Veja Também

VÍDEO crime obrigada dois homens cavar a própria sepultura matam queimam e enterram (IMAGENS FORTISSIMAS)

  Relacionado …